Neiva Melo comunicação empresarial

“Repórter de verdade atravessa a rua de si mesmo para olhar a realidade do outro lado da sua visão do mundo"

Eliane Brum

“Os jornalistas deixam a gente mais inteligente”

Jorge Gerdau Johannpeter

“Não existe mobilização sem os jornais”

Mahatma Gandhi

“Aqui na agência, somos obssessivos por notícias de qualidade e resultados estratégicos”

Neiva Mello


Mídia

01/10/2015 Revista expansão

24º Congresso de Marketing ADVB/RS reunirá palestrantes nacionais e internacionais com empresários gaúchos para debate sobre soluções em meio à crise


Em meio a perspectivas negativas do atual cenário econômico, buscar novos caminhos e oportunidades para o mercado gaúcho é o desafio a que se propõe o 24º Congresso de Marketing ADVB/RS. A edição deste ano leva o tema O Futuro será de quem estiver preparado, e a novidade ficará por conta do amplo debate que ocorrerá entre empresários locais e os palestrantes convidados, a fim de avaliarem soluções mercadológicas para a economia adversa. Três especialistas em crise, a exemplo do consultor de negócios e ex-presidente das empresas OI, NET, Serasa Experian e Via Varejo, Francisco Valim – que contribuiu para sanar as finanças de corporações de diferentes ramos ao longo de períodos difíceis da economia do País – dividirão o palco com o curador do evento e presidente da Vonpar, Ricardo Vontobel.

“Queremos debater cada tema abordado com maior profundidade, a fim de aproximar o conteúdo das palestras à nossa realidade local”, justifica Vontobel. O encontro ocorre no dia 1 de setembro, das 8h às 18h, no Teatro do Bourbon Country, e deve contemplar um público de aproximadamente 1,2 mil pessoas, entre lideranças empresariais, executivos e profissionais de marketing, branding, comunicação e vendas de organizações de todos os setores e segmentos de atuação, além de acadêmicos e imprensa. As inscrições podem ser feitas pelo emailrelacionamento@advb.com.br ou pelo telefone (51) 3290.6300. As vagas são limitadas e haverá descontos especiais para associados.

O novo formato vai tornar o congresso mais dinâmico: serão três grandes painéis, seguidos de 50 minutos de conversa com empresários gaúchos, como o Sócio Diretor da 3yz, Roberto Sirotsky, Sérgio Maia, managing partner da Trust & Co Investimentos e Conselheiro de empresas como Vonpar e BSBios, e o vice-presidente de Televisão da RBS TV,  Antonio Tigre. Também integram o grupo local, o fundador da Escola de Marketing de Alta Performance e Inovação – EMAPI,  Juan Pablo Boeira, o pró-reitor de Administração da UNISINOS,  João Zani, e o doutor em Comunicação e palestrante, Dado Schneider. 

“Queremos debater cada tema abordado com maior profundidade, a fim de aproximar o conteúdo das palestras à nossa realidade local”, justifica Vontobel. O encontro ocorre no dia 1 de setembro, das 8h às 18h, no Teatro do Bourbon Country, e deve contemplar um público de aproximadamente 1,2 mil pessoas, entre lideranças empresariais, executivos e profissionais de marketing, branding, comunicação e vendas de organizações de todos os setores e segmentos de atuação, além de acadêmicos e imprensa. As inscrições podem ser feitas pelo email: relacionamento@advb.com.br ou pelo telefone - 3290.6300. As vagas são limitadas e haverá descontos especiais para associados.

“A crise não é universal”, garante o consultor Francisco Valim, que será o primeiro painelista do dia. Ele falará sobre Cenários desafiadores: empresas em transformação, e destacará a importância dos gestores das corporações visualizarem e aproveitarem as possibilidades que surgem em momentos difíceis. “Mesmo no Brasil não são todos os setores que estão com desempenho em queda: várias empresas estão crescendo de 10% a 20% em receita, em relação a 2014. Isso significa que se prepararam melhor.”

Valim sinaliza que onde existir planejamento e estratégias implementadas de forma eficiente, dentro do contexto de cada companhia, não há motivo para preocupação. Contando com a experiência de quem salvou mais de uma empresa da falência, Valim irá fazer um comparativo de cases de companhias em que ele atuou em momentos de dificuldades e outros em que o cenário econômico ajudou. “A ideia é apresentar referências e analisar as estratégias para cada modelo. Mas é preciso deixar claro que aqueles que não estiverem preparados para a crise, deixarão de ser o capitão do barco, para se comportar como passageiro, à espera do fim da tempestade, o que é muito inseguro.”

Para o especialista, o período de turbulência exige que as empresas transformem seus canais de comunicação e de vendas em ferramentas mais eficientes. “Ao contrário de cancelar o investimento, que é o que muita gente faz, focar nesta oportunidade de ganhar espaço no mercado será um diferencial.”  Ao reforçar que este ano o evento propõe uma abordagem inspiradora e aplicável à realidade das empresas gaúchas, Vontobel  concorda que “acima de tudo, não é momento para se deixar abater.” “É duro, desagradável, mas precisamos manter a confiança no enfrentamento e no futuro”, desafia o presidente da Vonpar. Para ele, mesmo aqueles que não se prepararam para o pior podem driblar as dificuldades apresentadas pelo mercado. “Nestes casos, é fundamental entender o momento atual, agir com rapidez na correção de rumos, e ser capaz de retroceder quando necessário”, opina.

“É preciso acelerar o pensamento e buscar informações e conhecimento, ouvir quem navegou em águas mais calmas e também em mar revolto. Aprender com quem fez o impossível virar case. Processar tudo no aplicativo do agora e inventar um novo futuro. Porque esse futuro, diferente de tudo que se viu no passado, será só de quem estiver preparado.”

(Trecho do Manifesto do Congresso)

O tema do manifesto (acima reproduzido em parte) embasa a proposta do 24º Congresso de Marketing ADVB/RS. “Em uma era onde nada é constante, em meio a tantas informações, interações e transformações, as decisões estratégicas de marketing são tomadas, invariavelmente, em ambientes complexos, que desafiam a capacidade de formular e programar movimentos bem sucedidos”, lembra o curador do evento. 

Para o palestrante internacional, Federico Pistono, consultor para o Google Europa e autor do livro Robôs irão roubar seu emprego, mas tudo bem: como sobreviver ao colapso econômico e ser feliz, as ferramentas tecnológicas modernas permitem que pequenas e ágeis companhias assumam o lugar de conglomerados gigantes que não investirem em inovação. “Se as empresas não estiverem prontas para se ajustarem às mudanças rápidas, elas vão desaparecer em breve”, sentencia o ministrante da Palestra “Tendências e tecnologias que você não pode ignorar”. O futurista italiano explica ainda que as empresas unicórnio (companhia jovem ou  “startup” com um elevado potencial de crescimento em pouco tempo e com uma avaliação de milhões de euros) valem bilhões e empregam menos pessoas que qualquer outra empresa na história. “Isto conduz a uma economia em que 1% de 1% leva todo o patrimônio, enquanto o resto se esforça para sobreviver”.

Um exemplo de empresa unicórnio é o Spotify, que em 7 anos de operação já está avaliada em US$ 8,2 bilhões. Com mais de 75 milhões de usuários ativos no mundo e presente em cerca de 70 países, este serviço de streaming permite escutar músicas gratuitamente pela internet em aplicativos mobile ou computador. Para apresentar as práticas e estratégias adotadas que consolidaram o Spotify, o diretor geral para a América Latina da companhia, Gustavo Diament, fala no 24º Congresso de Marketing ADVB/RS e compartilha o case e suas experiências.

“Nossa responsabilidade não pode ser simplesmente fazer um bom marketing; mas sim redefinir constantemente como se fará um bom marketing no futuro”, concorda o vice-presidente mundial da Coca-Cola, o mexicano Javier Meza Robayo. Ele irá apresentar o case baseado nos aprendizados da marca de bebidas, que tem como principal diferencial ser oportuna (Timely) e eterna (Timeless) ao mesmo tempo. “Nós temos evidências quantitativas da relação inquebrantável e estreita que existe entre a marca, a categoria e a companhia”, destaca o palestrante. 

Meza ressalta que para atingir crescimento sustentável, o marketing da companhia tem de administrar e nutrir essas três dimensões. “Por isso, no mundo inteiro, nós estamos evoluindo nossa estratégia de comunicação da Coca-Cola para dar conta desse desafio, que ao mesmo tempo é uma oportunidade.” Em tempos de crise financeira, o Vice-Presidente Global da Coca-Cola revela: “Nossa principal prioridade nesse momento é ficar próximo do bolso e do coração do consumidor, sem perder de vista a saúde financeira de nosso negócio”.

ADVB/RS



Relacionado a ADVB/RS:

04/06/2016 Zero Hora- Coluna Marta Sfredo

Teste do estresse, Brasil conseguirá se superar, diz ministro Monteiro

Ministro participa de Almoço

05/01/2016 Revista Press Advertising

TOP DE MARKETING ADVB 2015 PREMIA EMPRESAS QUE DESAFIAM A CRISE ECONÔMICA

ADVB/RS chega a 33ª edição do TOP de Marketing

Últimas publicações

01/08/2018

Zero Hora

Atletas do RS começam a busca por vagas nos jogos olímpicos de Tóquio

Atletas do RS começam a busca por vagas nos jogos olímpicos de Tóquio

Clube dos Jangadeiros

18/06/2018

Jornal do Comércio

Parceiros e voluntários

ONG oferece cursos de capacitação e se torna elo entre voluntariado e organizações.

ONG Parceiros Voluntários

25/05/2018

Revista Náutica

Atletas do Jangadeiros estão classificados para o Mundial e Norte-Americano de Optimist

Atletas do Jangadeiros estão classificados para o Mundial e Norte-Americano de Optimist

Clube dos Jangadeiros

Ver todos