Neiva Melo comunicação empresarial

“Repórter de verdade atravessa a rua de si mesmo para olhar a realidade do outro lado da sua visão do mundo"

Eliane Brum

“Os jornalistas deixam a gente mais inteligente”

Jorge Gerdau Johannpeter

“Não existe mobilização sem os jornais”

Mahatma Gandhi

“Aqui na agência, somos obssessivos por notícias de qualidade e resultados estratégicos”

Neiva Mello


Press releases

11/06/2017

Emater/RS recebe o 14º Agrimark Brasil

Estão abertas as inscrições para o encontro criado pelo I-UMA (Instituto de Educação no Agronegócio) que reunirá em Porto Alegre oito  representativas lideranças do setor em talk show sobre   PRODUÇÃO RURAL SUSTENTÁVEL  E A INOVAÇÃO NA GESTÃO DE RECURSOS, no dia 12 de junho (segunda-feira), das 13h30min às 18h, no auditório da EMATER/RS. Entrada franca.  

Encontro presta homenagem aos 62 anos da EMATER/RS-ASCAR.

 

Como produzir mais alimentos, tornar as culturas mais eficientes, recuperar terras cultiváveis e ao mesmo tempo garantir  segurança alimentar sem impactar a biodiversidade e o meio ambiente? Os temas sempre em pauta no meio rural voltam para à mesa de debates no Agrimark Brasil promovido em Porto Alegre pelo I-UMA (Instituto de Educação no Agronegócio. Nesta edição, o encontro será sediado no auditório da EMATER (Rua Botafogo, 1051, Porto Alegre)  e prestará uma homenagem aos 62 anos de atividades ininterruptas da ASCAR (Associação Sulina de Crédito e Assistência Rural), que será comemorado em 2 de junho.  “A Emater/RS-ASCAR  é referência nacional nos serviços prestados à agricultura familiar, devemos muito a ela”,  diz  o presidente do I-UMA, José Américo da Silva.  A Instituição atende às demandas diárias de um público formado por agricultores familiares, quilombolas, pescadores artesanais, indígenas, assentados, um contingente superior a 250 mil famílias de assistidos com áreas em mais de 480 municípios. 

A entrada para o Agrimark Brasil é franca e as inscrições podem ser feitas pelo www.iumaeventos.com.br,  agrimark@i-uma.edu.br ou (51) 3224.6111.

Estão confirmadas as presenças do secretário de Mobilidade Social, do Produtor Rural e do Cooperativismo do Ministério da Agricultura – MAPA, José Dória; do representante da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), Alan Bojanic; do presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal – ABPA, Francisco Turra; do presidente da APROSOJA Brasil, Marcos Rosa; do presidente da Companhia Nacional de Abastecimento – CONAB, Francisco Rodrigues Bezerra, do secretário da Agricultura, Pecuária e Irrigação do RS, Ernani Polo, da secretaria Estadual do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do RS, Ana Pellini e do diretor de Assuntos Corporativos da Syngenta,  Pablo Casabianca.

Esta edição tem como patrocinadores a Syngenta, o BRDE, a EMATER e a Celulose Riograndense e da mídias especializada Dinheiro Rural.  

PALESTRANTES

“A sustentabilidade econômica, social e ambiental são os pilares da competitividade da soja brasileira, que movimenta mais de US$ 70 bilhões por ano e responde pela geração de 7,5 milhões de empregos. De acordo com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), a soja aumentou o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de diversos municípios. Em 1991, dos dois mil municípios que plantavam soja, 99% tinham IDH muito baixo ou baixo. Em 2010, 95% desses municípios tiveram seus IDHs melhorados para médio, alto e muito alto. A soja também alimenta as criações e impulsiona a produção de carnes mais baratas e em quantidade para a população brasileira, ajudando a reduzir a inflação dos alimentos. No plano ambiental, a sojicultura ocupa apenas 3,5% de todo o território nacional, o que equivale a cerca de 33 milhões de hectares. Estes números reforçam a relevância da soja para o desenvolvimento sustentável do país.”

Presidente da Aprosoja Brasil, Marcos da Rosa

.........................................................................................

"Nas últimas décadas, o agronegócio brasileiro rompeu fronteiras e demonstrou que a tecnologia é primordial para os avanços na oferta global de alimentos.  Graças à aplicação de novas tecnologias e inovações  no processo produtivos, o país deu grandes saltos de produtividade nas mais diversas áreas, seja na produtividade por hectare, na conversão de insumos em proteínas e em tantos outros índices. A integração e a cooperação entre as mais diversas áreas permite ao país avançar e se consolidar como referência internacional do agronegócio.  Com uma previsão de crescimento indicando uma população global total de 9 bilhões de pessoas até 2050, segundo a FAO, resolver a equação da maior produção com menos recursos será o grande desafio. Graças aos investimentos e tecnologias já empregadas em nosso campo, o Brasil é um dos países mais preparados do mundo para este novo momento”.

Presidente  da ABPA, Francisco Turra 

...........................................................................

“Um dos objetivos principais de qualquer atividade econômica é a geração de renda. A agropecuária, como atividade econômica, segue a mesma regra. A evolução do conhecimento e da tecnologia mostra que para manter a capacidade de geração de renda no campo é necessária a correta gestão dos recursos naturais e financeiros. Assim, recursos como solo e ambiente devem ser utilizados de forma sustentável, para que o agronegócio continue gerando renda.  Por outro lado, o empreendedor rural deve se apropriar da informação, tanto sobre produção e técnicas, como a de mercado e comercialização, a fim de dar suporte à sustentabilidade da atividade. Por trás deste cenário, o setor público tem sua parte na diminuição dos riscos inerentes à atividade, lançando mão dos instrumentos de Política Agrícola".

Presidente da CONAB,  Francisco Bezerra

................................................................................

O temário a ser tratado no 14º AGRIMARK é muito relevante para a agenda do futuro da produção de alimentos no Brasil e no mundo. Sabemos que a população vai aumentar e demandará mais alimentos. Para atender a esse desafio cada vez mais vamos ter que produzir usando menos, ou seja, menos recursos naturais que impactam no meio ambiente. A sustentabilidade da produção é urgente e necessária. Precisamos buscar mecanismos e estratégias visando alcançar essa meta.”  

Representante da FAO/ONU para o Brasil, Alan Bojanic 

........................................................................................................

“Nossa safra de grãos aumenta e a qualidade da produção em proteína animal também segue crescendo para atender demandas mundiais. A secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação também está envolvida e desenvolve, desde 2015, o Conservar para Produzir Melhor, programa estadual de conservação do solo e da água, que visa o aumento da produtividade com sustentabilidade.  A meta é difundir a cultura entre os produtores, da preservação do solo e da água, para que desta forma possamos contribuir tanto com um melhor desenvolvimento das nossas lavouras, mas também com a preservação ambiental. A gestão adequada de recursos naturais no presente, aliada ao bom uso das novas tecnologias, é a chave para a agropecuária do futuro.”

Secretário da Agricultura, Pecuária e Irrigação do RS, Ernani Polo

............................................................................................................................

“Com um olhar no futuro e assistindo ao início de uma nova era de mudanças estruturais, econômicas e sociais, de grandes impactos no agronegócio, vamos falar dos desafios da sustentabilidade, da biodiversidade e da competitividade que estão a nossa frente.  E isto inclui novas formas de cooperação nas diferentes cadeias produtivas para atingir os objetivos de gestão sustentável dos recursos naturais, de produção, de gestão e de desenvolvimento territorial equilibrado.”

Presidente do I-UMA, José Américo da Silva

....................................................................................

Sobre o AGRIMARK BRASIL

Promovido pelo I-UMA, o Agrimark Brasil é pauta da agenda nacional do agronegócio brasileiro e da mídia especializada. Espaço de diálogo, tendências, ações e projetos ligados ao desenvolvimento do Estado e do País.

Sobre o I-UMA

O Instituto de Educação no Agronegócio é uma instituição brasileira de educação, presidida pelo José Américo da Silva, com sede em Porto Alegre (RS) e dedicação exclusiva ao conhecimento especializado nas relações de negócios e marketing do Agribusiness. Há mais quinze anos, vem capacitando empresários gestores de empresas, profissionais e negociadores com o objetivo de ampliar seu conhecimento multidisciplinar do agronegócio e de instrumentalizá-los para um novo mercado socioeconômico internacional. Em seu portfólio, o instituto oferece cursos a distância e presenciais em nível de pós-graduação, MBA, Extensão, “In Company” e cursos “In Farm”, além de promover seminários, workshops e eventos nacionais como o AGRIMARK BRASIL o AGROSEMINÁRIO BRASÍLIA e eventos itinerantes como o CIRCUITO DE GESTÃO E INOVAÇÃO NO AGRONEGÓCIO.

SERVIÇO:

O que: 14º Agrimark Brasil

Quando: 12 de junho de 2017, das 13h30min às 18h

Abertura oficial:  14h

Onde: Auditório da EMATER/RS (Rua Botafogo, 1051 - Menino Deus- Porto Alegre)

Ingresso: Entrada franca

Inscrições: 

Site: www.iumaeventos.com.br

E-mail: agrimark@i-uma.edu.br

Telefone: (51) 3224.6111

CONVIDADOS 14º AGRIMARK BRASIL

Ø  José Dória Secretário de Mobilidade Social, do Produtor Rural e do Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Ø  Ernani Polo Secretárioda Agricultura, Pecuária e Irrigação do RS.

Ø  Ana Pellini Secretaria Estadual do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do RS.

Ø  Alan Bojanic Representante da FAO/ONU para o Brasil.

Ø  Francisco Bezerra Presidente da Companhia Nacional de Abastecimento – CONAB.

Ø  Francisco Turra Presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal – ABPA.

Ø  Marcos Rosa Presidente da Associação dos Produtores de Soja - APROSOJA Brasil.

Ø  Pablo Casabianca - Diretor e Assuntos Corporativos da Syngenta. 


Relacionado a I-UMA:

22/08/2017

“Produzir mais e com melhor aproveitamento de recursos”

Agroseminário Brasília promovido pelo I-UMA reúne em um talk show no dia 5 de setembro, 13h30min às 16h30min,

02/12/2016

No AgroSeminário Brasília 2016, Alan Bojanic diz que a FAO/ONU espera que dos 1,5 bilhão que precisam ser produzidos em grãos no mundo até 2050, o Brasil responda por 40%

Estudos da organização apontam que a agricultura brasileira será a maior exportadora mundial de alimentos nos próximos cinco a sete anos

Últimos releases

25/07/2018

FERNANDA OLIVEIRA E ANA BARBACHAN DISPUTAM NO MUNDIAL DE CLASSES OLÍMPICAS

Dupla do Clube dos Jangadeiros disputa na Baía de Aarhus, na Dinamarca, de 2 a 12 de agosto.

Clube dos Jangadeiros

13/07/2018

CLUBE DOS JANGADEIROS participa com três atletas no Mundial da Juventude 2018, no TEXAS

CLUBE DOS JANGADEIROS participa com três atletas no Mundial da Juventude 2018, no TEXA

Clube dos Jangadeiros

03/07/2018

GLOBAL segue como a agência do Sebrae RS por mais 5 anos

GLOBAL segue como a agência do Sebrae RS por mais 5 anos

Agência Global

Ver todos