Neiva Melo comunicação empresarial

“Repórter de verdade atravessa a rua de si mesmo para olhar a realidade do outro lado da sua visão do mundo"

Eliane Brum

“Os jornalistas deixam a gente mais inteligente”

Jorge Gerdau Johannpeter

“Não existe mobilização sem os jornais”

Mahatma Gandhi

“Aqui na agência, somos obssessivos por notícias de qualidade e resultados estratégicos”

Neiva Mello


Mídia

30/05/2016 Bom dia Rio Grande- RBSTV

ONG PARCEIROS VOLUNTÁRIOS E BID AMPLIAM METODOLODIA DA AÇÃO TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA


Criado em 2003, o projeto Tribos nas Trilhas da Cidadania – que integra o programa Valores na Educação da ONG – oportuniza aos estudantes de escolas públicas e privadas, dos ensinos fundamental e médio, empreenderem soluções para os desafios que eles mesmos identificam em suas comunidades. Desse modo, a ação promove uma postura de participação social, cidadã e empreendedora, conforme orientações da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB).

A metodologia tem como pilares a mobilização juvenil em torno de uma “Tribo”, sempre a partir de sua escola. As ações desenvolvidas por essa Tribo ocorrem em formato de trilhas temáticas: Educação para a Paz, Meio Ambiente e Cultura. Na primeira, os alunos têm contato com uma produção cultural de paz, ou seja, um conjunto de valores, atitudes e comportamentos baseados em fatores como o respeito à vida, a prática da não-violência, o combate à exclusão, a defesa da liberdade de expressão, entre outros. No caso do Meio Ambiente, as atividades são focadas na prevenção e recuperação do equilíbrio ecológico e o impacto de nossas ações para o planeta. A trilha da Cultura, por sua vez, busca a preservação e o cuidado com o patrimônio cultural, tendo como proposta auxiliar as comunidades para que essas possam resgatar suas raízes pela ação voluntária da juventude e defendendo a diversidade cultural. As inscrições para a edição 2016 seguem abertas até o dia 30 de maio pelo site www.parceirosvoluntários.org.br/tribos. Até abril, já se inscreveram 185 escolas públicas e privadas de cidades gaúchas  e foram formadas 222 tribos.  Projeto tem o apoio da Gerdau, Sulgás e Celulose Riograndense.

Os exemplos de iniciativas são variados: na Serra Gaúcha, um grupo de tribeiros revitalizou a horta da escola. No município de Taquara, uma tribo alertou sobre os perigos da dengue com uma peça de teatro. No Vale dos Sinos, um encontro de 500 jovens resultou na produção de brinquedos reciclados a partir do reaproveitamento do lixo. “Considero o Tribos um projeto que potencializa os alunos. Eles se tornam mais comprometidos e a gente vê o cuidado que eles passam a ter um com o outro”, avalia a professora Simone Carvalho, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Nancy Pansera, de Canoas, na Grande Porto Alegre. “Fica evidente o quanto esses alunos melhoram em sala de aula e, aqueles que eram retraídos em sua participação em grupos, passam a ser pessoas mais ativas e engajadas”, acrescenta a educadora, cuja Trilha seguida é a da Educação para a Paz.

Nada disso se faz sem o auxílio dos professores. Assim, a Parceiros Voluntários aposta forte na mobilização e qualificação de docentes como importante estratégia inicial para o alinhamento conceitual do projeto. Somente em 2015, 138 professores foram capacitados no curso Qualificação de Educadores em Participação Social e Mobilização Juvenil e na Oficina Prática Social na Escola. A fim de propiciar maior institucionalidade ao projeto, a ONG Parceiros Voluntários também busca maior pactuação com o corpo diretivo das escolas e, em alguns municípios, com as Secretarias de Educação. Há também a organização de fóruns municipais e regionais para fortalecer o intercâmbio de experiências.

Cada Tribo é representada por um aluno líder e recebe apoio de um professor indicado pela escola. Os estudantes também são capacitados e participam de metodologia exclusiva criada pela ONG, Desenvolvendo Jovens Tribeiros, onde aprendem noções de liderança, empreendedorismo, voluntariado organizado e planejamento de ações. Em 2015, foram capacitados 586 estudantes. Ao todo, o Tribos nas Trilhas da Cidadania mobilizou 8.258 alunos, de 265 escolas (214 públicas e 53 privadas) ao longo do ano passado. Nesse mesmo período, foram formadas 270 Tribos, que promoveram 1.080 ações de voluntariado no Rio Grande do Sul.

Os números são ainda maiores quando nos referimos aos 12 anos de atuação: 102.516 estudantes envolvidos, 2.675 escolas públicas e 852 escolas privadas participantes. A mobilização desses agentes ao longo dos anos resultou em 13.812 ações, transformando o Tribos nas Trilhas da Cidadania no maior movimento de voluntariado jovem do Brasil.

ONG Parceiros Voluntários



Relacionado a ONG Parceiros Voluntários:

16/11/2015 Revista Veja - Páginas Amarelas

Filósofo e educador Bernardo Toro fala no Tá na Mesa

Um dos maiores pensadores em inclusão social e educação na América Latina, o colombiano é o convidado desta quarta-feira. Recebe a imprensa às 11h30min, na Federasul.

22/07/2014 Correio do Povo

Transparência para ONGs

Novo curso da Parceiros Voluntários capacita 21 organizações gaúchas durante 8 meses

Últimas publicações

30/03/2017

Caderno Geração E, Jornal do Comércio (POA-RS)

Quando o empreendedorismo desperta bem cedo

Do colégio aos primeiros anos da faculdade, como é a entrada de muitos jovens no mundo dos negócios

Junior Achievement

27/03/2017

Clube dos Jangadeiros

Breno Kneipp e Ian Paim, do Clube dos Jangadeiros, são campeões sul-americanos de 29er

Principais nomes da vela jovem sul-americana, a dupla defenderá o Brasil no Campeonato Mundial da Classe, nos EUA

Clube dos Jangadeiros

14/03/2017

G1 Paraná - Bom Dia Paraná

Feira apresenta bolsas de estudo e cursos em 50 instituições estrangeiras

EDUEXPO acontece em Curitiba no dia 16 de março, das 16h às 21h, no Hotel Four Points by Sheraton Curitiba (Av. Sete de Setembro, 4211).

EDUEXPO

Ver todos