Neiva Melo comunicação empresarial

“Repórter de verdade atravessa a rua de si mesmo para olhar a realidade do outro lado da sua visão do mundo"

Eliane Brum

“Os jornalistas deixam a gente mais inteligente”

Jorge Gerdau Johannpeter

“Não existe mobilização sem os jornais”

Mahatma Gandhi

“Aqui na agência, somos obssessivos por notícias de qualidade e resultados estratégicos”

Neiva Mello


Press releases

09/11/2018

Tribos nas Trilhas da Cidadania comemora 15 anos de voluntariado infantojuvenil com música, teatro, dança e poesia no Largo Glênio Peres

Ação criada pela ONG Parceiros Voluntários promete movimentar o Centro Histórico de Porto Alegre na próxima sexta-feira (9), das 13h30min às 16h30min. Tendas temáticas apresentam trabalhos desenvolvidos pelos estudantes.  Em 15 anos, Tribos mobilizou 150 mil jovens de escolas públicas e privadas do Estado. Em 2018, 15 mil jovens de 510 escolas do Rio Grande do Sul colocaram a mão na massa e realizaram cerca de duas mil ações de voluntariado  em 93 cidades do Rio Grande do Sul, de maio a outubro.

Ética, Cidadania, Solidariedade, empreendedorismo e liderança, são alguns dos valores que fazem parte da ação Tribos nas Trilhas da Cidadania – maior movimento de voluntariado infanto-juvenil do Brasil, que terá a sua trajetória de 15 anos celebrada com  muita música, teatro, dança, homenagens e tendas temáticas.  O evento  “15 anos de Educação para a Cidadania” irá reunir cerca de 500 estudantes, escolas, educadores, organizações sociais beneficiadas, autoridades e amigos da causa no Largo Glênio Peres (em frente ao Mercado Público de Porto Alegre), no dia 9 de novembro (sexta-feira), das 13h30 às 16h30min.

A comemoração inicia com a palavra da presidente da ONG Parceiros Voluntários, Maria Elena P. Johannpeter, seguida de homenagens aos professores fundadores e parceiros da ação. No palco montado no Largo Glênio Peres, a programação cultural terá largada a partir das 14h30min com a música regionalista de Cássio Castilhos, integrante dos Novos Talentos do Galpão Crioulo e na sequência apresentações de teatro, dança, hip hop, poesia falada, sempre com temáticas sociais apresentadas por alunos e grupos voluntários.

Outro ponto forte do evento, serão as tendas temáticas montadas para divulgar os trabalhos desenvolvidos pelos alunos. Na Escola Gonçalves Dias foi criada a GELADOTECA, uma biblioteca instalada dentro de uma geladeira em desuso. Com a ação da turma, o eletrodoméstico foi revitalizado e se tornou uma atrativo para compartilhar cultura entre os colegas.O estimulo ao tricô entre meninos e meninas para doação em asilos é outra atividade muito bem acolhida pelos jovens. Nas tendas parceiras participam: OAB vai à escola/ OAB RS, Papo de Responsa, Polícia Civil, Policia Rodoviária Federal, Proerd, Brigada Militar, Escoteiros do Brasil e CIPAVE (Comissão Interna de Prevenção a Acidentes e Violência Escolar).

Na Escola Mathias de Albuquerque, um dos focos é educar para o consumo consciente com a criação da horta escolar, um minhocário e composteiras. Os alimentos plantados, cuidados e colhidos pelos alunos são utilizados na merenda escolar. Alguns lanches já são famosos, como o BOLO DE TALOS. Na onda da sustentabilidade, a garotada também criou, com a ajuda dos familiares, a BIBLIOLIKE, a partir de uma bicicleta danificada que após a pintura e a instalação de caixas reutilizáveis se transformou em um modelo ágil e decorativo de biblioteca. O resultado foi tão expressivo, que o modelo foi replicado para outras escolas do entorno. Projetos como esses contribuíu para zerar o índice de repetência no 5º ano Fundamental. Durante o evento, a meninada estará distribuindo 400 pés de alface plantados por eles.  

CASES - Na Escola Mathias de Albuquerque, um dos focos é educar para o consumo consciente com a criação da horta escolar, um minhocário e composteiras. Os alimentos plantados, cuidados e colhidos pelos alunos são utilizados na merenda escolar. Alguns lanches já são famosos, como o BOLO DE TALOS. Na trilha da sustentabilidade, a garotada também criou, com a ajuda dos familiares, a BIBLIOLIKE, a partir de uma bicicleta danificada que após a pintura e a instalação de caixas reutilizáveis se transformou em um modelo ágil e decorativo de biblioteca. O resultado foi tão expressivo, que a Bibliolike foi replicada para outras escolas do entorno. Projetos como esses contribuíu para zerar o índice de repetência no 5º ano Fundamental.  

SOBRE TRIBOS - A metodologia social Tribos nas Trilhas da Cidadania levado à escolas públicas e privadas do Rio Grande do Sul pela ONG Parceiros Voluntários tem o objetivo de desenvolver a cultura da responsabilidade social individual desde a idade infantil, no espaço da comunidade escolar e com a participação das famílias. “Só assim poderemos ter pessoas melhores, com valores transformadores para a ética e a sustentabilidade”, diz o superintendente da ONG Parceiros Voluntários,  José Alfredo Nahas.

Como funciona a ação Tribos nas Trilhas da Cidadania? Dentro de escolas gaúchas públicas e privadas jovens de 5 a 20 anos do ensino Infantil, Fundamental e Médio se reúnem no turno invertido em tribos, acompanhados de educadores para uma ação planejada de voluntariado nas trilhas Educação para a Paz, Meio Ambiente ou Cultura.  Essas ações iniciam em maio e seguem até outubro dentro ou fora da escola, após um diagnóstico feitos pelos jovens sobre questões que consideram prioritárias em suas comunidades.

Em 15 anos, Tribos nas Trilhas da Cidadania já soma 150 mil crianças e adolescentes envolvidos na metodologia. Somente neste ano, 15 mil jovens de 510 escolas do Rio Grande do Sul colocaram a mão na massa e realizaram cerca de duas mil ações de voluntariado  em 93 cidades do Rio Grande do Sul, de maio a outubro.

A metodologia é o coração do Programa VALORES NA EDUCAÇÃO da ONG e tem a chancela da UNESCO, além de ser certificada pela Fundação Banco do Brasil e reconhecida pelo Prêmio Itaú/Unicef. Promove a postura de participação social, cidadã e empreendedora, conforme orientações da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), Plano Nacional de Educação e Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

APLICAÇÃO FORA DO RS - A metodologia já está sendo aplicada em um projeto-piloto na cidade de São Paulo e em março de 2019 será levada para mais oito capitais brasileiras. Em outubro, surpreendeu os participantes da 25ª Conferência Mundial da Associação Internacional para o Esforço Voluntário (IAVE ), realizada na cidade de Augsburg, na Alemanha. Logo após o encontro, o Ministério da Educação da China e a Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, mostraram interesse em conhecer mais o projeto para avaliarem a sua implantação.

No Rio Grande do Sul,  a ONG Parceiros Voluntários fechou parceria com a Secretaria Estadual de Educação, por meio da CIPAVE (Comissão Interna de Preveção a Acidentes e Violência Escolar) e com escolas de ensino integral para aplicação da metodologia. No interior do Estado, Tribos nas Trilhas da Cidadania assinou um termo de cooperação com os municípios de Nova Prata, Encantado, Santa Rosa, Viamão, Osório, Guaíba, Uruguaiana, Cachoeirinha.  

“Tribos permite aos estudantes colocar em prática habilidades como liderança, criatividade, negociação e empreendedorismo que, aliadas ao trabalho voluntário, transformam seus ideais de igualdade e solidariedade em ação. O aluno é o protagonista, e como resultado de suas ações ele exercita a cidadania, trabalha o pensamento crítico, ética e o sentimento de pertencimento”, destaca o coordenador da ação no Estado, Guilherme Borba.

PROGRAMA VALORES DA EDUCAÇÃO

Tribos nas Trilhas da Cidadania é o eixo principal do programa desenvolvido pela ONG Parceiros Voluntários e trabalha na formação de crianças e adolescentes de 5 a 20 anos, de escolas públicas e privadas do RS. Objetivos:

Exercício da cidadania  /  Atitude ética  / Pensamento crítico  /  Fortalecimento de vínculos  /  Engajamento em causas sociais  / Empreendedorismo social /

Qualificação no mercado de trabalho  /  Comunicação não violenta  / Planejamento  / Liderança positiva  / Desenvolvimento Humano

SERVIÇO

O QUE: Aniversário de 15 anos de Tribos nas Trilhas da Cidadania  -maior movimento de voluntariado Infanto-juvenil do Brasil

QUANDO: 9 de novembro, sexta-feira, das 13h30min às 16h30min

ONDE: Largo Glênio Peres (em frente ao Mercado Público de Porto Alegre)

PROGRAMAÇÃO: Música, teatro, Hip Hop, poesia falada, homenagens

INGRESSO: ABERTO AO PÚBLICO

Tendas Temáticas:

·  Colégio São Judas Tadeu

Contato: Claúdia Padão (51 – 993277284)

Alunos no Ensino Fundamental do Colégio São Judas Tadeu visitam semanalmente a Clínica Esperança de Amparo à Criança, localizada na Zona Norte de Porto Alegre. Fazem arrecadação de lacres, tampinhas, agasalhos, alimentos. Além das doações, semanalmente fazem atividades com as crianças da Clínica Esperança, com o objetivo do fortalecimento de vínculos, comunicação não violenta e participação solidária. O Lar Doce Lar, que abriga idosos também é uma das instituições visitadas pelo grupo com uma agenda validada com os cuidadores e responsáveis pelo Lar. Aos sábados, na escola, as famílias participam das palestras de conscientização, exposição de trabalho de ONGs, feira de orgânicos e arrecadação de doações.

·  Gonçalves Dias: Geladoteca

Contato: Profª Analucia Santos (51 – 982362060)

Biblioteca na Geladeira – O grupo de Tribos da Escola Gonçalves Dias percebeu que o bar da escola estava com uma geladeira parada e estragada, que seria descartada. Negociaram a doação e transformação do eletrodoméstico em uma biblioteca, adesivada, revilitalizada. Deram o nome de Geladoteca. Os alunos da escola podem retirar e levar livros para compartilhar.  A escola também realiza recreio orientado, com música durante o intervalo das aulas. As atividades são cooperativas o que melhora o relacionamento dos alunos e diminui o número de ocorrências por indisciplina. Os tribeiros aprendem a fazer tricô e confeccionam roupas que são doadas para asilos.  

·  Escola Mathias de Albuquerque

Contato: Diretora Claúdia Souza Campos (51 – 991547278)

Horta Escolar e Bibliolike – Será apresentado pela Escola Estadual de Ensino Fundamental Mathias de Albuquerque, localizado na Av. Juca Bastista, em Porto Alegre. Os alunos têm aulas práticas de educação ambiental, que contempla a questão do consumo consciente, criação de um minhocário, composteira e horta escola. Os alimentos, plantados, cuidados e colhidos pelos alunos é utilizado na merenda escolar. Alguns lanches já são famosos, como o BOLO DE TALOS. A Bibliobike foi contruida a partir de uma bicicleta sem uso, danificada e com a participação das famílias foi revitalizada, pintada, e com caixas de madeira reutilizáveis foi adaptada para que fosse transformada em uma biblioteca. O resultado foi tão expressivo que outros bibliobikes foram construídas e doadas para as escolas do entorno. O bibliobike é um sucesso, estimulando as crianças à leitura e à participação das famílias na escola. Durante o evento serão doadas 400 pés de alface plantados pelos alunos. Essa escola através de atividades práticas e projetos zerou o índice de repetência no 5º ano Fundamental.

·  Colégio Marista

Contato: Profª Fernando Degrandis (51 – 986322969)

Bicicleta Sustentável que gera energia para carregar celular. Um grupo de alunos do 5º do Colégio Marista, de Porto Alegre montou uma bicicleta que pode carregar gadgets como smartphones e até tablets, apenas com o movimento das pedaladas. Como forma de entender o que aprenderam na sala de aula, os estudantes foram desafiados pelos professores a criar o projeto e apresentá-lo na Mostra Tecnológica. O conceito, apesar de instigante para crianças com apenas uma década de vida, é bastante simples: basta ter uma bicicleta, um carregador, um celular, um regulador de tensão e um dínamo, um pequeno aparelho composto constituído por uma bobina e um imã, usado para transformar energia mecânica em elétrica. O dínamo fica acoplado junto ao regulador de tensão, perto do pneu da bicicleta, e é conectado ao cabo que carregar a bateria do celular. O movimento das pedaladas gera uma força que é transformada em corrente elétrica, que por sua vez serve para alimentar o aparelho eletrônico. O regulador de tensão vai evitar que haja picos de energia.


Relacionado a ONG Parceiros Voluntários:

12/12/2018

Parceiros Voluntários comemora os 33 anos do Dia Internacional do Voluntariado e os 20 anos da Lei do Voluntariado no Brasil com grande evento no Gasômetro

Parceiros Voluntários comemora os 33 anos do Dia Internacional do Voluntariado e os 20 anos da Lei do Voluntariado no Brasil

02/07/2018

ONG Parceiros Voluntários lança o portal Integri, plataforma social inédita no mundo com o uso de inteligência artificial da IBM

ONG Parceiros Voluntários lança o portal Integri, plataforma social inédita no mundo com o uso de inteligência artificial da IBM

Últimos releases

05/02/2019

Churrasco dos Piranhas comemora 60 anos e 3 mil churrascos

Churrasco dos Piranhas comemora 60 anos e 3 mil churrascos

Clube dos Jangadeiros

05/02/2019

POSSE DA COMODORIA DO CLUBE DOS JANGADEIROS

A Comodoria do Clube dos Jangadeiros eleita para o período 2019/2020 tomou posse ao lado de sua diretoria nesta última segunda-feira (21).

Clube dos Jangadeiros

31/01/2019

Projeto de Branding criado pela Global para a Incorporadora Kopstein inclui exposição, livro e documentário de Isay Weinfeld

A agência Global desenvolveu o projeto de Branding do lançamento do Edifício Varanda, da incorporadora Kopstein.

Agência Global

Ver todos