Neiva Melo comunicação empresarial

“Repórter de verdade atravessa a rua de si mesmo para olhar a realidade do outro lado da sua visão do mundo"

Eliane Brum

“Os jornalistas deixam a gente mais inteligente”

Jorge Gerdau Johannpeter

“Não existe mobilização sem os jornais”

Mahatma Gandhi

“Aqui na agência, somos obssessivos por notícias de qualidade e resultados estratégicos”

Neiva Mello


Press releases

10/05/2017

FEIRA DA MINIEMPRESA COMERCIALIZA PRODUTOS CRIADOS POR ALUNOS DO ENSINO MÉDIO

Dica para quem torce a favor da cultura do empreendedorismo. Neste final de semana (dias 27 e 28), das 10h às 22h, alunos do ensino médio que participaram durante 15 semanas do programa Miniempresa em escolas públicas e privadas de Porto Alegre e de Eldorado do Sul estarão apresentando e vendendo os seus produtos inovadores no Shopping Iguatemi. O projeto é capitaneado pela Junior Achievement.

Os alunos pardais criaram uma prática carteira multiuso que, além de proteger o celular, cumpre ainda o papel de guardar dinheiro, cartões e documentos.  Também inventaram uma caixa acústica de material reciclado que não usa eletricidade  e uma merendeira térmica flexível, revestida com filme metalizado, e muito mais. Preçinho bom para tempos de crise: R$15 a R$ 30.

Carro-chefe dos programas de incentivo ao empreendedorismo da Junior Achievement, o Programa MINIEMPRESA foi  levado para cerca de 500 estudantes do ensino médio de 17 escolas públicas e privadas da capital e de Eldorado do Sul.  Durante 15 semanas, os jovens ficaram envolvidos em jornadas semanais de três horas e meia, realizadas nas escolas por voluntários da instituição, geralmente no turno da noite.

Meninos e meninas da faixa de 15 a 18 anos  tiveram a oportunidade de participar de uma experiência prática em economia e negócios, aprendendo os  os processos de montagem e operação de uma empresa, chegando ao grande momento de criar e comercializar o seu produto. Acompanhados por voluntários, conheceram o método  Aprender-Fazendo, criado por profissionais de Harvard  e  disseminado por todo o Brasil.

Por meio do MINIEMPRESA, os alunos dão os primeiros passos para saber o que é uma pesquisa de mercado, como captar recursos, desenvolver um organograma, participar da escolha e reunião de diretoria. Eles começam a ganhar familiaridade com formulários de controle, passam a entender o que é uma ação, formas de investimento e os compromissos legais com impostos e  acionistas, até chegar  ao grande momento de fabricar e vender o seu próprio produto na 45ª FEIRA DA MINIEMPRESA.  A cerimônia de formatura, com direito a todas as pompas, acontece no dia oito de agosto na FIERGS, com a presença de cerca de  1 mil convidados.  

No Rio Grande do Sul, o Programa MINIEMPRESA foi implantado há 22 anos e desde então já beneficiou 1 milhão de estudantes. As escolas públicas representam 80% do público total participante. O Rio Grande do Sul foi a porta de entrada da Junior Achievement no Brasil.  

Exemplos de produtos que foram produzidos

Ø Merendeira térmica flexível, que pode ser dobrada e amassada, com revestimento de filme metalizado – Colégio Monteiro Lobato

Ø Carteira Multiuso acoplada ao celular. A capa do celular tem o papel também de carteira, podendo guardar dinheiro, cartões, documentos de identificação e ainda proteger o célular – Colégio Farroupilha

Ø Caixa acústica que não usa eletricidade, produzida com material reciclado, com capacidade de ampliar o som em 28 decibeis – Escola Estadual Eldorado do Sul

Ø * O custo dos produtos na feira variam de R$15 a R$ 30.

Resultados comprovados

Ø  Um em cada três ex-alunos abriu um negócio após a sua participação no MINIEMPRESA.

Ø  GERAM EMPREGOS. Esses alunos criaram empresas com 1 a 5 funcionários, gerando uma Folha de Pagamento/mês de  mais de R$ 6.800,00

Ø  CRIAM RIQUEZAS. Empresas com faturamento anual médio de R$ 97.500,00 e um rendimento médio para o empreendedor de R$ 13.593,75

Ø  CONSCIENTES. 60% desses empreendedores já realizaram trabalho voluntário

Ø  ESTUDIOSOS. 86% pretendem fazer algum tipo de pós-graduação

Case de sucesso de empreendedor que participou do Programa MINIEMPRESA

Emikatê: primeira agência de marketing universitário do Rio Grande do Sul pretende atingir 48% dos estudantes de faculdades gaúchas em 2017

Criada há um ano, a empresa já realizou 20 eventos. Somados, eles receberam mais de 16 mil alunos do Ensino Superior. Voluntário da Júnior Achievement, Heitor Rodrigues (24) é um dos sócios do empreendimento.

Criada em março de 2016  pelos estudantes do curso de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Heitor Rodrigues, Rodrigo Medina e Pedro Albite, a Emikatê Fábrica de Experiências é uma agência de marketing universitário que atua no mercado gaúcho. O foco é criar serviços que transformem eventos comuns em experiências inovadoras e marcantes para o público jovem. Apesar de recente, os números do negócio surpreendem. Neste quase um ano, foram 20 eventos realizados, 16 mil jovens atingidos, parceria com 32 entidades (14 centros acadêmicos e 18 associações atléticas parceiras) e uma equipe de relacionamento e vendas formada por cerca de 200 universitários. Soma-se a isso um faturamento de aproximadamente R$ 1 milhão. Para 2017, o objetivo é atingir 48% dos estudantes de faculdades gaúchas. Uma meta ousada, uma vez que o Rio Grande do Sul é o quarto Estado do Brasil com mais universitários (ao todo, são 378 mil), conforme aponta o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). 

O caminho até a Emikatê 

Mas muito antes de pensar em iniciar a agência de marketing universitário, Heitor Rodrigues dava o start em sua vida empreendedora na Junior Achievement, em 2009. No segundo ano do Ensino Médio e aluno da Escola Estadual Florinda Tubino Sampaio, ele descobriu no programa Miniempresa a chance de desenvolver aprendizado prático em economia e negócios. “Foi uma experiência incrível. Durante as 15 jornadas do programa pude exercer a liderança e a criatividade como Diretor de Recursos Humanos na agência de turismo que eu e meus colegas criamos”, recorda Rodrigues. 

No mesmo ano, o jovem de então 17 anos se associou ao Núcleo de Ex-Achievers (Nexa), aonde permaneceu até 2014.  Neste período, atuando como adviser da Junior Achievement, Heitor ajudou outros estudantes na construção de seus próprios negócios dentro do Miniempresa. Foi também nessa época que ele teve a ideia de iniciar seu primeiro empreendimento por conta própria: uma produtora de festas temáticas voltadas para o público estudantil - um embrião da Emikatê. “O Miniempresas contribuiu para o meu crescimento profissional e pessoal. Sem dúvidas, esta experiência despertou o espírito empreendedor dentro de mim”, conta ainda.


Relacionado a Junior Achievement:

02/12/2016

Formatura do MINIEMPRESA comemora 1 milhão de jovens beneficiados no RS

A cerimônia da turma de 238 estudantes do Ensino Médio acontece no próximo dia 6 no Teatro do SESI (Fiergs) e em Porto Alegre - RS

Últimos releases

25/07/2018

FERNANDA OLIVEIRA E ANA BARBACHAN DISPUTAM NO MUNDIAL DE CLASSES OLÍMPICAS

Dupla do Clube dos Jangadeiros disputa na Baía de Aarhus, na Dinamarca, de 2 a 12 de agosto.

Clube dos Jangadeiros

13/07/2018

CLUBE DOS JANGADEIROS participa com três atletas no Mundial da Juventude 2018, no TEXAS

CLUBE DOS JANGADEIROS participa com três atletas no Mundial da Juventude 2018, no TEXA

Clube dos Jangadeiros

03/07/2018

GLOBAL segue como a agência do Sebrae RS por mais 5 anos

GLOBAL segue como a agência do Sebrae RS por mais 5 anos

Agência Global

Ver todos